Sonda espacial registra a imagem mais distante da Terra da história

A nave espacial New Horizons da NASA, que está atualmente a caminho dos confins do Sistema Solar, quebrou o recorde da imagem mais distante tirada da Terra – e depois quebrou seu próprio registro duas horas depois.

Em 5 de dezembro, tirou uma imagem a uma distância de 6,12 bilhões de quilômetros da Terra. A imagem mostra um agrupamento de estrelas registrada pelo Long Range Reconnaissance Imager (LORRI) da nave espacial.

O agrupamento de estrelas.

O agrupamento de estrelas.

Mas apenas duas horas depois, a New Horizons quebrou seu próprio registro quando tirou imagens de dois objetos no Cinturão de Kuiper na borda do Sistema Solar. Embora a NASA não tenha liberado a distância exata dessas imagens, a nave espacial cobre cerca de 1,1 milhão de quilômetros por dia.

Imagem dos dois objetos.

Imagem dos dois objetos.

O título de imagem mais distante da Terra costumava pertencer à Voyager 1 e sua famosa imagem do Pálido Ponto Azul. Em 14 de fevereiro de 1990, a nave espacial registrou uma imagem da Terra a uma distância de 6,06 bilhões de quilômetros, mostrando nosso planeta “suspenso em um raio de sol”.

A New Horizons está atualmente a caminho de um objeto no Sistema Solar externo chamado 2014 MU69, um Kuiper Belt Object (KBO) que se acredita ser um remanescente do Sistema Solar inicial. A nave espacial está programada para chegar em 1º de janeiro de 2019, quando retornará dados e imagens desse objeto à Terra.

Como não há nenhuma outra missão similar para fora do Sistema Solar num futuro próximo, a New Horizons está preparada para manter esse título durante muito tempo – talvez mais do que os 28 anos da Voyager 1. [IFLS]

Sou natural de Conceição do Coité, na Bahia e atualmente trabalho com a divulgação científica na internet, principalmente nas páginas Universo Racionalista e Mistérios do Espaço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *