Planetas

Saturno ultrapassa Júpiter e se torna o planeta com mais luas no sistema solar

Em uma reviravolta impressionante, os astrônomos descobriram 20 novas luas de Saturno anteriormente desconhecidas, elevando a contagem de satélites conhecidos do planeta para 82 – passando Júpiter com três luas a mais. Além disso, você poderá ajudar a nomear esses novos objetos.

Saturno e sua lua Titã. (Créditos: NASA)

Todas as 20 luas são pequenas, medindo cerca de 5 km de diâmetro. Dezessete delas têm órbitas retrógradas, o que significa que se movem ao redor de Saturno na direção oposta à rotação do planeta. Todas as 17 levam mais de três anos terrestres para completar uma volta de Saturno, enquanto as outras duas completam uma volta a cada dois anos.

As 17 luas retrógradas parecem pertencer ao “grupo nórdico” dos satélites de Saturno, que compartilham os mesmos parâmetros orbitais básicos. Cada um desses grupos de satélites é a provável evidência de um impacto de longa data que destruiu uma lua maior que estava orbitando o planeta.

“Esse tipo de agrupamento de luas externas também é visto em torno de Júpiter, indicando colisões violentas ocorridas entre luas no sistema saturniano ou com objetos externos, como asteroides ou cometas”, disse Scott Sheppard, da Carnegie Institution for Science, em comunicado anunciando a descoberta.

Sheppard liderou a equipe, que conta com ele e seus colegas – David Jewitt, da Universidade da Califórnia, Los Angeles, e Jan Kleyna, da Universidade do Havaí. Encontraram as luas usando o Telescópio Subaru, no Havaí.

“Usando alguns dos maiores telescópios do mundo, agora estamos concluindo o inventário de pequenas luas ao redor dos planetas gigantes”, acrescentou Sheppard. “Eles desempenham um papel crucial para nos ajudar a determinar como os planetas do nosso sistema solar se formaram e evoluíram”, disse.

Por exemplo, a existência das novas luas sugere que os impactos que as criaram ocorreram após a formação completa de Saturno. Afinal, o gigante de gás estava cercado por um disco de poeira e gás enquanto tomava forma e se essas minúsculas luas tivessem que tentar sobreviver por todo esse material, o atrito teria diminuído sua velocidade e as enviado em direção ao planeta.

Sheppard descobriu uma dúzia de luas de Júpiter no ano passado, e a Carnegie Institution organizou um concurso público para nomear cinco desses mundos. Se você perdeu essa competição, não se preocupe, agora você tem outra chance.

Todas as 20 novas luas de Saturno estão abertas a noemação. Se você estiver interessado, envie sua proposta twittando para @SaturnLunacy a partir de agora até 6 de dezembro. Inclua sua sugestão junto com a hashtag #NameSaturnsMoons. [SPACE.com]

Alexsandro Mota

Nordestino, um grande amante da astronomia e divulgador científico há quase uma década. Sou o criador do projeto Mistérios do Espaço e dedico meu tempo a tornar a astronomia mais acessível.