Planetas

Nuvens estranhas tomam conta da atmosfera de Vênus

Cientistas descobriram misteriosos “padrões de riscas” cruzando enormes distâncias nas nuvens de Vênus. A descoberta está nos dando uma nova visão sobre as condições brutais e o clima no planeta estranho, o segundo mais próximo do Sol.

Com base em modelos computacionais avançados, a equipe de cientistas acredita que o movimento do ar causado por correntes de jato polares, semelhantes às da Terra, pode ser responsável por essas irregularidades – que podem se estender por cerca de 10.000 quilômetros.

Os padrões estão sendo percebidos graças à tecnologia de varredura infravermelha a bordo da sonda espacial Akatsuki: ela é capaz de ver sob as densas nuvens de ácido sulfúrico, com 45 a 70 quilômetros de altura, que normalmente mantêm a superfície de Vênus fora da vista de nossos telescópios.

Enquanto Vênus e Terra compartilham um tamanho similar e atração gravitacional, e possivelmente efeitos de jato polar semelhantes, suas atmosferas são muito diferentes: pense em ar venenoso, chuva de ácido sulfúrico e temperaturas abrasadoras, que tornam o pouso uma espaçonave em Vênus muito difícil.

Há também os ventos de 360 ​​quilômetros km/h de alta altitude que giram em torno de toda o Vênus no espaço de cerca de quatro dias terrestres. No entanto, diferentes camadas da atmosfera venusiana têm características diferentes – é logo abaixo desses ventos que a sonda Akatsuki está conseguindo espiar, mapeando as formas de nuvens mais baixas.

E descobertas como as nuvens detalhadas aqui podem nos dizer mais sobre o que está acontecendo na atmosfera como um todo. Embora tenhamos visto algumas partes desses padrões por décadas, este último estudo acrescenta um novo nível de detalhe e uma explicação plausível do que realmente está causando esses padrões.

Os cientistas usaram modelagem computacional avançada para combinar com os padrões de nuvens com dados de teste e concluíram que as diferenças na temperatura e pressão do ar), assim como os fortes ventos rotacionais mencionados anteriormente, estão causando o efeito. Nós nunca vimos padrões como este nas nuvens da Terra, e os fenômenos poderiam ser únicos para Vênus e sua atmosfera.

O planeta continua sendo um assunto fascinante para os astrônomos, seja para descobrir os padrões de terreno na superfície, ou mapear os ventos caóticos que circundam o planeta. [ScienceAlert]

Alexsandro Mota

Nordestino, um grande amante da astronomia e divulgador científico há quase uma década. Sou o criador do projeto Mistérios do Espaço e dedico meu tempo a tornar a astronomia mais acessível.