NASA captura o som incrível e assustador de Júpiter

A Sonda Juno saiu da Terra em 2011 destino a Júpiter. Ao chegar no planeta em 2016, a espaçonave começou a estudá-lo de diversas formas, principalmente registrando belíssimas imagens e obtendo dados únicos. A NASA revelou alguns desses dados e, nesse meio havia um áudio. A sonda tinha gravado o som da ionosfera do planeta.

Claro, se você estivesse lá, você não conseguiria ouvir. No entanto, a NASA converteu os sons originais para que fossem audíveis ao ouvido humano. O que ouvirá logo abaixo corresponde aos elétrons se movimentando pelos gases de Júpiter.

A Sonda Juno tem como principais objetivos estudar e descobrir a quantidade de água que existe na atmosfera do gigante gasoso, tentar ver dentro do planeta e mapear o campo magnético. A missão custou cerca de US$ 1 bilhão e entrou para o livro dos recordes como o objeto humano mais rápido já criado, chegando a uma velocidade de 250 mil km/h.

A sonda fotografou, até agora, os pólos de Júpiter, detectou formações de nuvens bizarras, gravou auroras misteriosas e escaneou profundamente as nuvens grossas do planeta. Juno passa sempre rapidamente por Júpiter para minimizar o tempo dentro das correntes de radiação intensas do planeta,.

Natural de Conceição do Coité, na Bahia, estudante de Comunicação Social, com ênfase em Rádio e TV, trabalha com divulgação científica na internet e é o fundador do projeto Mistérios do Espaço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *