Eventos Astronômicos

Imagem fantástica registrada pelo Hubble mostra fenômeno épico

A impressionante imagem de nuvens ondulantes e cores brilhantes é impressionante muito além das cores. Registrada pelo Telescópio Espacial Hubble, esses fogos de artifício cósmicos são todas as estrelas se formando depois de uma colisão entre duas galáxias a cerca de 24 milhões de anos-luz da Terra.

Ao longo de um período de milhões de anos, duas galáxias, a NGC 4490 e a vizinha mais pequena NGC 4485, foram se fundindo. No processo desse imenso impacto, algumas estrelas são formadas.

content-1506699236-1-burstingwith

O resultado é uma alteração completa da forma da NGC 4490, tendo sido puxada e esticada de tal forma que agora foi apelidada de Cocoon Galaxy (Galáxia do Casulo), já que todos os vestígios da sua estrutura única em espiral foram destruídas. Sua galáxia complementar, NGC 4485, que na verdade não pode ser vista nesta imagem, conseguiu manter seus braços espirais.

À medida que as duas galáxias se batiam, a poeira e o gás se arrastam sob fortes pressões criando condições para a formação de estrelas. Estes ligamentos ondulantes podem ser vistos em gloriosos tons cor de rosa de nuvens densas de hidrogênio ionizado. As novas estrelas recém-criadas têm complementado estas manchas com luz ultravioleta, irradiando-as e dando-lhes a aparência brilhante.

Quando tanto a NGC 4490 como a NGC 4485 são vistos juntas, um fio fino de estrelas recém-formadas de cerca de 24 mil anos-luz há entre eles, “rastreando” o caminho que os dois fizeram à medida que as galáxias se colidiam.

No entanto, à medida que as estrelas são formadas, outras morrerão. Há também um grande número de supernovas, já que outras estão morrendo e chegando ao fim de suas vidas. O destino dos NGC 4490 e NGC 4485 está inteiramente ligado, já que em cerca de um bilhão de anos a gravidade forçará mais uma vez essas duas galáxias a se encontrar em um outro choque cósmico magnífico. [IFLS]

Continue lendo...