Estrelas

Estrela se apaga por horas e astrônomos ficam intrigados

É oficial: Temos outro mistério cósmico incrível em nossas mãos. Outra estrela foi pega no ato de escurecer, e de uma forma muito peculiar. A luz da EPIC 204376071, uma estrela a apenas 440 anos-luz da Terra, diminuiu em até 80% durante várias horas. Isso é uma enorme quantidade de luz bloqueada! Até mesmo a famosa  KIC 8462852, também conhecida como estrela de Tabby ou estrela de Boyajian, que diminuiu em até 22%.

Mas a EPIC 204376071 fica ainda mais interessante. A luz escureceu de repente, atingindo um pico de 80%, depois se iluminou mais devagar à medida que o que bloqueava a luz se movia. Isso é tecnicamente conhecido como uma ocultação, e foi assimétrica.

“Neste trabalho relatamos a descoberta de uma depressão profunda no fluxo (em 80%) da EPIC 204376071 que dura um dia inteiro”, escreveram os pesquisadores em seu artigo. Ao contrário da estrela de Tabby, essa estrela pode acabar muito mais fácil de descobrir o que está ocultando sua luz. Na verdade, os pesquisadores já têm algumas ideias. Infelizmente, os cientistas não consideram megaestruturas alienígenas, mas são bem legais mesmo assim.

EPIC 204376071 é uma anã vermelha, o que a torna bastante diferente do Sol, que usaremos para comparação aqui. É apenas cerca de 16% da massa do Sol, mas cerca de 63% do tamanho dele. É fraca, apenas 3% mais luminosa que o Sol, e tem uma temperatura efetiva de cerca de 2.726 °C. Então é pequena, é escura, tem uma massa baixa e tem uma temperatura baixa.

Mas uma ocultação semelhante foi vista antes – não em uma estrela, mas em um possível exoplaneta. Em 2017, os astrônomos descobriram que um sistema de anéis inclinados se encaixaria no padrão de ocultação orbitando um objeto chamado KIC 10403228. Você pode ver a curva de luz da EPIC 204376071 à esquerda na imagem acima e a do KIC 10403228 à direita. Estrelas não possuem sistemas de anéis planetários, mas se outro corpo, como uma anã marrom ou um planeta grande, estivesse orbitando a estrela e tivesse um sistema de anéis, poderia produzir uma curva de luz similar.

A outra explicação potencial que os pesquisadores apresentam é uma camada de poeira que se move entre nós e a estrela. No entanto, a hipótese da curva de luz modelada que eles produziram não combinou tão bem quanto o modelo do disco.

Uma outra hipótese não considerada nesta descoberta diz que esses escurecimentos podem ser causados por uma “mega estruturas alienígenas“. A ideia diz que uma civilização extraterrestre pode ter evoluído ao ponto de conseguir captar efetivamente energia de sua estrela, e as ocultações de luz seriam causadas por um mega estrutura tecnológica que estaria captando a energia.

Sendo ou não aliens, esperamos que os astrônomos cheguem em uma resposta concreta sobre esse mistério cósmico em breve. [ScienceAlert]

Continue lendo...