Eventos Astronômicos

Divulgado os lugares onde a Estação Espacial Chinesa pode cair no Brasil

Tendo incríveis 8 toneladas, a Tiangong-1 está prestes a cair descontroladamente na Terra. Em setembro de 2016, as autoridades chinesas anunciaram que perderam o controle da estação, sendo assim é uma corrida contra o tempo para saber onde esse corpo vai cair para tentar registrá-lo.

Há alguns dias, a Agência Espacial Europeia (ESA) deu um período de tempo mais específico para o evento de queda – entre 29 de março e 9 de abril – e reduziu os locais de reentrada para “em qualquer lugar entre a Espanha, França, Portugal e Grécia. No entanto, o Brasil não está fora da lista.

Com apenas 2,28% de chances de cair em território brasileiro, dada a área do país, o risco pode aumentar o simplesmente diminuir a medida que o dia de queda chega. A partir dessas previsões, foi lançado um mapa onde mostra os locais de maior risco. Podemos ver abaixo que as cidades mais populosas estão nessa lista.

Áreas de risco na América do Sul.
Áreas de risco na América do Sul.

A estação espacial é feita de material denso, aumentando a probabilidade de que alguns pedaços possam chegar a superfície ainda intactos. Normalmente, para essas grandes estações, os operadores usam propulsores para controlar a reentrada para garantir que ocorra sobre a água. No entanto, como os chineses perderam o controle, ela está agora em queda livre. E não sabemos onde exatamente vai cair. [BRAMON/ScienceAlert]

Segue a lista de risco por estado brasileiro:

  • Acre 0,044%
  • Alagoas 0,007% 
  • Amapá 0,038%
  • Amazonas 0,417%
  • Bahia 0,151%
  • Ceará 0,040%
  • Distrito Federal 0,002% 
  • Espírito Santo 0,012% 
  • Goiás 0,091% 
  • Maranhão 0,089%
  • Mato Grosso 0,241% 
  • Mato Grosso do Sul 0,095% 
  • Minas Gerais 0,157% 
  • Pará 0,333% 
  • Paraíba 0,015% 
  • Paraná 0,053% 
  • Pernambuco 0,026% 
  • Piauí 0,067% 
  • Rio de Janeiro 0,012%
  • Rio Grande do Norte 0,014% 
  • Rio Grande do Sul 0,075% 
  • Rondônia 0,063% 
  • Roraima 0,060%
  • Santa Catarina 0,026% 
  • São Paulo 0,066% 
  • Sergipe 0,006%
  • Tocantins 0,074%

Acompanhe o trajeto da estação em tempo (quase) real indo para este site. Lá você saberá o momento em que ele passa sobre sua cidade. Fique ligado no céu!

Alexsandro Mota

Nordestino, um grande amante da astronomia e divulgador científico há quase uma década. Sou o criador do projeto Mistérios do Espaço e dedico meu tempo a tornar a astronomia mais acessível.