Planetas

Astrônomo teria descoberto novo objeto no espaço, mas há um problema engraçado

Todo mundo comete erros e tudo bem. Até mesmo as mentes mais brilhantes escorregam de vez em quando. Um astrônomo, olhando para o céu, pensou ter descoberto uma maravilha celestial novinha em folha no céu noturno, mas acabou descobrindo ou re-descobrindo que era Marte.

O prof. Peter Dunsby, um renomado cosmologista e astrofotógrafo da Universidade da Cidade do Cabo, estava emocionado por ter observado o que ele suspeitava ser um fenômeno astronômico recém-descoberto.

extra_large-1521718591-cover-image

Dunsby relatou “a detecção de um transiente óptico muito brilhante na região entre a Nebulosa da Lagoa e a Nebulosa Trífida com base em observações obtidas na Cidade do Cabo em 20 de março de 2018, entre as 01:00 e as 03:45 (hora local)”.

A emoção de detectar diretamente um objeto novo no céu noturno é, compreensivelmente, uma grande emoção para qualquer ávido defensor astronômico. Infelizmente, desta vez, não foi para ser. Um boletim de acompanhamento algumas horas depois simplesmente dizia: “O objeto relatado foi identificado como Marte. Nossas sinceras desculpas pelo relatório anterior e pelo inconveniente causado”.

Dunsby disse que “foi um erro muito infeliz e algo que eu gostaria muito de esquecer” – mas ele está claramente vendo o lado bom deste erro perfeitamente honesto também.

“Eu vejo, no entanto, o lado engraçado desse pequeno episódio e fico feliz que isso tenha feito algumas pessoas sorrirem. Então, acho que isso é bom em um mundo em que não sorrimos o suficiente”, acrescentou ele, comovido. [IFLS]

Alexsandro Mota

Nordestino, um grande amante da astronomia e divulgador científico há quase uma década. Sou o criador do projeto Mistérios do Espaço e dedico meu tempo a tornar a astronomia mais acessível.