Planetas

Carro enviado ao espaço já está mais distante que Marte

O carro elétrico vermelho e seu motorista de manequim, lançados em fevereiro na missão inaugural do enorme foguete Falcon Heavy da SpaceX ultrapassaram a órbita de Marte, disseram representantes da empresa no último dia 2 de novembro.

“A localização atual de Starman. Próxima parada, o restaurante no final do universo”, falou a SpaceX em seu Twitter com a imagem abaixo.

Mas não vão ficar para sempre além de Marte. Como você pode ver no diagrama, o par se fixará em sua órbita heliocêntrica, eventualmente chegando tão perto do sol quanto a Terra.

O Roadster e o Starman chegarão a algumas centenas de milhares de quilômetros do planeta em 2091, de acordo com um estudo de modelagem em órbita. Os autores desse estudo determinaram que o carro vai colidir em Vênus ou na Terra, provavelmente dentro das próximas dezenas de milhões de anos. Eles dão ao carro espacial uma chance de 6% de atingir a Terra nos próximos 1 milhão de anos, e uma chance de 2,5% de bater em Vênus.

A segunda missão do Falcon Heavy, lançará o satélite de comunicações da Arábia Saudita, o Arabsat-6A, em órbita geoestacionária, está prevista para janeiro de 2019. [LiveScience]

Alexsandro Mota

Nordestino, um grande amante da astronomia e divulgador científico há quase uma década. Sou o criador do projeto Mistérios do Espaço e dedico meu tempo a tornar a astronomia mais acessível.