Eventos Astronômicos

Astrônomo amador descobre satélite perdido da NASA

Um astrônomo amador encontrou um antigo satélite da NASA que acredita-se estar morto, e os cientistas estão agora em processo de contato com ele novamente.

Scott Tilley estava procurando por sinais da misteriosa missão Zuma, lançada em um foguete da SpaceX no mês passado. Mas, em uma postagem em seu blog, ele descreveu como pegou os sinais do satélite Imager for Magnetopause-to-Aurora Global Exploration (IMAGE) de US$ 150 milhões.

Imagem ilustrativa do satélite.
Imagem ilustrativa do satélite.

“As chances são extremamente boas do satélite estar vivo”, disse Patricia Reiff, da Rice University no Texas. A IMAGE foi lançada pela NASA em 25 de março de 2000, para estudar como a magnetosfera da Terra interage com o vento solar. Em dezembro de 2005, no entanto, a espaçonave deixou de se comunicar e foi considerada como perdida.

A nave espacial está em uma órbita altamente elíptica (HEO), que fica a cerca de 46 mil quilômetros da Terra. Completa uma órbita cerca de uma vez a cada 14 horas.

A partir de hoje parece que a NASA ainda está tentando entrar em contato com a espaçonave. Não está claro o que eles farão se fizerem contato, e se ele pode ser usado para qualquer observação científica novamente. No entanto, é uma descoberta muito bonita de um astrônomo amador.

Esta não é a única vez que algo assim aconteceu. Em maio de 2014, os cientistas fizeram contato com o International Sun-Earth Explorer (ISEE-3). Eles foram capazes de reiniciar a nave espacial e até mesmo disparar seus propulsores, mas o contato foi perdido novamente em setembro de 2014. Teremos que esperar e ver qual será o destino do IMAGEM. [IFLS]

Alexsandro Mota

Nordestino, um grande amante da astronomia e divulgador científico há quase uma década. Sou o criador do projeto Mistérios do Espaço e dedico meu tempo a tornar a astronomia mais acessível.