Eventos Astronômicos

Acontece neste mês a chuva de meteoros Orionídeas

Não sei você, mas nós estávamos com saudades de uma chuva de meteoros. Esse fenômeno ocorre algumas vezes durante o ano e algumas dessas chuvas podem ser mais fracas ou mais fortes, ou seja, você poderá ver mais ou menos meteoros cruzando o céu. As Orionídeas são interessantes porque não há complicações para achar o seu radiante – o lugar onde os meteoros parecem sair.

[expander_maker id=”4″ more=”CONTINUE LENDO” less=”MOSTRAR MENOS”]

O radiante do chuveiro condiz com seu nome: a Constelação de Órion. No Brasil, algumas pessoas costumam chamar de “As Três Marias”, e por ser muito popular, sua localização no céu é imediata e dispensa qualquer dificuldade que as pessoas geralmente tem. Apesar dos meteoros poderem surgir de qualquer lugar no céu, é interessante que se observe nesta direção.

Simulação do céu noturno no Stellarium.

Órion nasce na direção Leste – basicamente a mesma direção que o Sol nasce – por volta das 22h30min (horário de Brasília). A chuva Orionídeas pode proporcionar até 23 meteoros por hora, sendo que essa taxa pode ser muito menor ou muito maior.

As chuvas são causadas por pequenas rochas espaciais que vagam por aí, a Terra, em um determinado momento do ano, pode cruzar por uma nuvem cheia dessas rochas. Elas então são atraídas e entram em nosso planeta a velocidade altíssimas, causando aquele rastro brilhante que vemos a noite. O mais interessante dessa chuva de meteoros é que ela causada pelos detritos do famoso cometa Halley.

O ápice das Orionídeas acontece no dia 21 deste mês. Não é necessário nenhum equipamento em especial, apenas muita paciência. Fixe seu olho na constelação e espere os meteoros aparecerem, e lembre-se que é normal demorar. Eles podem ser muito rápidos à perder de vista, por isso, muito atenção.

Mas como de costume, nós iremos realizar uma live da chuva no dia 21 a partir das 19h até o amanhecer. Contaremos uma câmera especial que estará virada para o céu à espera dessas rochas brilhantes. Você poderá assistir no play logo abaixo:

*LIVE CANCELADA DEVIDO AS CONDIÇÕES CLIMÁTICAS*

[/expander_maker]

Alexsandro Mota

Nordestino, um grande amante da astronomia e divulgador científico há quase uma década. Sou o criador do projeto Mistérios do Espaço e dedico meu tempo a tornar a astronomia mais acessível.