Eventos Astronômicos

Penúltima chuva de meteoros do ano marcará o céu desta sexta-feira

Ao decorrer de 2017 tivemos várias chuvas de meteoros, boa parte delas anunciadas aqui em nossa página. Tivemos chuvas de intensidade alta e baixa, mas nenhuma delas nos deixou de nos impressionar. Nesta sexta-feira, seguindo até o final de semana, teremos as Leonídeas, a penúltima chuva de grande escala do ano. Ainda teremos as Geminídeas em Dezembro.

As Leonídeas são uma chuva de meteoros anual, o pico acontece no dia 17 de novembro e segue – cada vez mais fraca – pelos dias seguintes. Seu radiante, ou seja, o lugar onde os meteoros parecem sair é na Constelação de Leão – daí vem o nome da chuva. Essa constelação nasce por volta das 01h40min (horário de Brasília) na direção Leste.

Screenshot_1

As chuvas de meteoros em geral, acontecem quando a Terra, em sua órbita ao redor do Sol, acaba passando por nuvens de detritos deixadas por cometas ou asteroides (nesse caso as Leonídeas são causadas pelo cometa Tempel-Tuttle). Quando esses detritos entram em nossa atmosfera, eles queimam a velocidades altíssimas, produzindo assim o característico rastro brilhante no céu.

Para observar esse fenômeno, você só precisará de um equipamento de observação: Seus olhos. Fique atento no céu pois esses meteoros são extremamente rápidos e até mesmo uma piscada no olho pode fazer você perder um deles. E sim, a chuva é visível no Brasil inteiro.

Mas e se o céu minha cidade estiver nublado? Nesse caso, você pode assistir a nossa transmissão ao vivo às 22h (horário de Brasília) em nosso canal no YouTube. Contaremos com câmeras especiais para observação do céu noturno e comentários muito descontraídos. Não perca! Você poderá assistir no play logo abaixo:

Alexsandro Mota

Nordestino, um grande amante da astronomia e divulgador científico há quase uma década. Sou o criador do projeto Mistérios do Espaço e dedico meu tempo a tornar a astronomia mais acessível.