Astrofísica

O que aconteceria com a Terra se a Lua desaparecesse?

A Lua nos presenteia quase que diariamente com sua beleza exuberante no céu. Ela está lá, a aproximadamente 400 mil km da Terra, equilibrando nosso clima, nossa rotação e nossa vida em geral. Mas a não ser que ela simplesmente se exploda em milhares de pedaços, pode ficar tranquilo, pois não há motivos aparentes para ela sumir.

Earth and Moon.

E se em uma hipótese qualquer ela deixasse de existir? Bom, a resposta curta é que nosso planeta ficaria inabitável. A longa veremos a seguir.

Um fato é: aquela aquela rocha suspensa nosso céu é muito mais importante do que você imagina. Sem ela nosso planeta seria um caos completo, passaríamos a ter secas extensas, nossa órbita desestabilizaria e até nossas estações seriam afetadas.

A Lua regula nossa rotação, clima, marés e etc através da troca de puxões gravitacionais entre ela e a própria Terra. Isso mantém tudo nos eixos. O satélite desaparecendo faria com que nosso planeta ficasse inabitável em pouquíssimo tempo. Primeiro, passaríamos a ter fortes secas por causa do desequilíbrio do clima, em alguns pontos do planetas os ventos chegariam a velocidades absurdas – tudo isso tornando a vida por aqui um tanto complicada.

Milhares de ecossistemas morreriam com a falta da maré, já que boa parte dela é causada pela atração da Lua e um pouco do Sol. Nossa órbita também seria totalmente desequilibrada, pois a falta dos puxões gravitacionais, levaria nosso planeta ficar em órbita mais elíptica. Com a falta repentina da Lua, o eixo da Terra também mudaria muito rápido, o que afetaria diretamente as nossas estações. Poderia fazer com que um dos pólos recebesse luz solar 24h por dia, e parte de alguns continentes ficariam na escuridão completa.

Há pontos do planeta onde veriam acontecimentos climáticos nunca antes observados. Dessa forma, concluímos que nossa Lua é extramente importante para a Terra e todos os seres vivos que nela habitam. Além de iluminar nossas noites, equilibra nosso frágil planetinha.

Alexsandro Mota

Nordestino, um grande amante da astronomia e divulgador científico há quase uma década. Sou o criador do projeto Mistérios do Espaço e dedico meu tempo a tornar a astronomia mais acessível.