Planetas

Esta pode ser a melhor imagem de Marte da história

Registrada por um orbitador de Marte operado pela Agência Espacial Europeia (ESA), ela mostra uma vista gloriosa do Planeta Vermelho, com uma cratera de impacto, gelo, dunas de areia e muito mais.

Essa espaçonave é o Trace Gas Orbiter (TGO), parte do projeto ExoMars. Ela entrou em órbita ao redor de Marte em outubro de 2016 (e implantou um módulo de pouso que falhou), mas há algumas semanas foi transferida para uma nova órbita quase circular, cerca de 400 quilômetros acima do planeta.

O objetivo da TGO é procurar gases na atmosfera de Marte que possam estar ligados à evidência da vida. Isso inclui o metano, que no momento tem uma origem desconhecida na superfície marciana, e poderia ser produzido pela vida microbiana.

Mas o orbitador também tem uma câmera impressionante, o Sistema de Imagem de Superfície de Cor e Estéreo (CaSSIS), desenvolvido pela Universidade de Berna. Esse instrumento foi usado para tirar essa imagem, com cientistas testando como seria o desempenho após alguns pequenos problemas de software.

“Ficamos muito satisfeitos em ver o quão boa esta imagem foi dada as condições de iluminação”, disse Antoine Pommerol, membro da equipe do CaSSIS. “Isso mostra que o CaSSIS pode dar uma grande contribuição para os estudos dos ciclos de dióxido de carbono e água em Marte”, concluiu ele.

Aqui está a imagem:

content-1524823380-exomars-images-korolev-crater-1

Então, o que a imagem mostra? Bem, você está vendo um segmento da cratera Korolev (que é o cume no meio), que está localizado no alto do hemisfério norte de Marte.

A sombra escura que você pode ver é o terminador, a linha que divide o lado diurno e o lado noturno do planeta. O ângulo de iluminação revela algumas características bastante interessantes, incluindo o que parece ser dunas de areia na superfície. As regiões brancas brilhantes, entretanto, são gelo.

O TGO possui quatro instrumentos, incluindo a câmera, que será usada para “farejar” a atmosfera do planeta. Usando a câmera, espera-se então que fontes de gases na superfície de Marte possam ser identificadas. Até lá, ficamos com essas imagens impressionantes como essa. [IFLS]

Alexsandro Mota

Nordestino, um grande amante da astronomia e divulgador científico há quase uma década. Sou o criador do projeto Mistérios do Espaço e dedico meu tempo a tornar a astronomia mais acessível.