Eventos Astronômicos

Saiba como observar a chuva de meteoros desta semana

Existem vários cometas vagando por aí, quando eles se aproximam do Sol, eles aquecem e liberam uma nuvem de detritos que vagam por diversas regiões do espaço. Anualmente, a Terra passa por essa nuvem e os detritos acabam sendo atraídos para o nosso planeta. Eles então entram na atmosfera em velocidades altíssimas e queimam, produzindo lindos rastros luminosos que vemos a noite. Fenômeno popularmente chamado de “estrela cadente”.

Entre os dias 21 e 22 deste mês teremos o pico da chuva de meteoros Líridas, uma das mais belas chuvas do ano. Causada pelo cometa C/1861 G1, as Líridas podem produzir até 15 meteoros por hora, sendo que em alguns anos esse número pode chegar a 100. A chuva já vem acontecendo desde o dia 16, mas seu auge será nos dias informado logo acima.

Esse ano não teremos a Lua no céu para ofuscar os meteoros, portanto, a visualização será excelente. Para observar é muito simples, basta localizar o radiante, que é a constelação de Lyra – use aplicativos como SkyMap ou Stellarium –  e fixe seu olho na direção dela. A partir deste momento é só ter paciência e esperar os meteoros aparecerem.

Radiante da Chuva.
Radiante da Chuva.

A poluição luminosa pode ser uma grande inimiga para estas observações, por isso, procure sempre locais com o mínimo de iluminação e assim você terá um boa visão do céu noturno. Caso em sua cidade nuble, abaixo você poderá assistir nossa transmissão ao vivo em nosso canal no YouTube. A transmissão iniciará por volta das 22h (horário de Brasília) da sexta e poderá ir até a madrugada de sábado. Utilizaremos câmeras especiais em parceria com a Rede Brasileira de Monitoramento de Meteoros (BRAMON).

Bons céus!

Alexsandro Mota

Nordestino, um grande amante da astronomia e divulgador científico há quase uma década. Sou o criador do projeto Mistérios do Espaço e dedico meu tempo a tornar a astronomia mais acessível.