Astrofísica

Por que a Lua fica vermelha durante um eclipse lunar?

Na noite deste domingo (20) para segunda-feira (21), ocorrerá um belíssimo eclipse lunar total. Durante um fenômeno como esse você verá a sombra da Terra sendo projetada na face lunar. A sombra parecerá escura por alguns momentos, até que ela cubra completamente o nosso satélite e mude de cor para tons avermelhados. Mas por quê?

A razão vem do ar que respiramos. Durante um eclipse lunar total, a Terra encontra-se diretamente entre o Sol e a Lua, fazendo com que a Terra lance sua sombra na superfície lunar. Se o nosso planeta não tivesse uma atmosfera, então, quando a Lua estivesse inteiramente dentro da sombra, ela pareceria preta, talvez até invisível.

Graças à atmosfera da Terra, o que realmente acontece é muito mais sutil e bonito. A atmosfera se estende por cerca de 80 km acima da superfície terrestre. Durante um eclipse lunar total, quando a Lua está submersa na sombra, há um anel circular ao redor da Terra – o anel da nossa atmosfera – através do qual os raios do Sol passam.

A luz solar é composta por uma gama de frequências. À medida que a luz solar passa pela nossa atmosfera, a porção verde para violeta do espectro de luz é, essencialmente, filtrada. Esse mesmo efeito, a propósito, é o que torna nosso céu azul durante o dia e nossos pôr dos sóis vermelhos. Dessa forma, a porção avermelhada do espectro é menos afetada pelo filtro.

Além disso, quando essa luz avermelhada entra na atmosfera, ela é curvada (refratada) e sai do outro lado da Terra. Esta dobra envia a luz avermelhada para a Lua durante um eclipse lunar total.

Quanto ao eclipse de hoje, ele inciará exatamente às 1h37min (21) no horário de verão, onde a Lua comerá a entrar na sombra da Terra; às 3h12min o eclipse chegará em sua totalidade e às 5h48min o fenômeno enfim finaliza. O fenômeno, durante todas as fases, terá uma duração total de 3h17min.

Nós da Mistérios do Espaço estaremos ao vivo em mais uma live inédita da página para transmitir todo o eclipse com a superlua através de telescópio. Iremos interagir com vocês durante todo o evento, tirando dúvidas e falando sobre o fenômeno. A live estará prevista para começar às 00h (horário de Brasília) e você poderá assistir no play logo abaixo.

Boas observações e céu limpo à todos!

[EarthSky]

Alexsandro Mota

Nordestino, um grande amante da astronomia e divulgador científico há quase uma década. Sou o criador do projeto Mistérios do Espaço e dedico meu tempo a tornar a astronomia mais acessível.