Planetas

Foi encontrado um novo planeta anão nas profundezas do Sistema Solar

Os astrônomos acham que poderiam ter encontrado um novo planeta anão além da órbita de Netuno. Ele pode ter cerca de um quarto do tamanho de Plutão e pode ser um dos milhares de objetos que aguardam ser descobertos nas profundezas do nosso Sistema Solar.

Nomeado de 2010 JO179, foi encontrado por uma equipe de pesquisadores liderada por Matthew Holman, do Harvard-Smithsonian Center for Astrophysics, em Cambridge, Massachusetts.

extra_large-1505831588-cover-image

Ao medir o brilho do objeto, a equipe chegou a conclusão de que possui cerca de 600 a 900 quilômetros de diâmetro. Em escala, Plutão é de 2.370 quilômetros. O potencial planeta anão está localizado a uma distância de 78,3 UA (unidades astronômicas – 1 UA é a distância Terra-Sol), além do Cinturão de Kuiper. Para comparação, Netuno está à 30,5 UA e Plutão à 39,5 UA.

O objeto em questão parece ser vermelho, o que pode ser uma característica comum do sistema solar externo. Acredita-se que o intrigante 2010 JO179 seja aproximadamente redondo, completando sua rotação uma vez a cada 30,6 horas.

Essa descoberta é particularmente importante porque indica que há muito mais objetos nesta região. Os pesquisadores estimam que existem mais de 6.700 deles com mais de 100 quilômetros de diâmetro.

Mas esse não é o único planeta anão que encontramos no sistema solar externo. Apenas no ano passado, dois objetos chamados 2015 RR245 e 2014 UZ224 foram encontrados além de Netuno. E o mais importante é que encontrar esses objetos e estudá-los pode nos dar mais pistas sobre nossas origens. [IFLS]

Alexsandro Mota

Nordestino, um grande amante da astronomia e divulgador científico há quase uma década. Sou o criador do projeto Mistérios do Espaço e dedico meu tempo a tornar a astronomia mais acessível.