O que é aquele ponto brilhante que aparece no final da tarde?

Nós, amantes da astronomia, adoramos olhar o céu – principalmente quando está de noite. Muitas vezes, vemos coisas interessantes no céu: planetas, estrelas e até satélites orbitando a Terra. Porém, muitas pessoas também ficam em dúvida sobre o que pode ser esses tais objetos que aparecem nos nossos céus – e hoje vamos te responder. Talvez esse seja o que mais intriga tanta gente: o ponto extremamente brilhante que aparece logo após o Pôr do Sol.

z17178683qwenus-widziana-nad-oceanem-spokojnym

Não é estrela, nem satélite; é nada mais nada menos que um planeta, muito parecido com nós em tamanho, mas muito diferente em outros aspectos: Vênus. Ele possui aquele brilho todo por causa de um fator bem interessante, e que a Terra está sujeita a ter em excesso um dia.

Em Vênus existem nuvens extremamente densas, e por isso, quase nenhuma luz passa para dentro dele – devido a isso, ele reflete a luz, ao invés de absorvê-la. E por esse motivo, ele tem esse aspecto brilhante. Pode parecer mentira, mas Vênus é o planeta mais quente do Sistema Solar, apesar de estar em segundo na ordem dos planetas. Isso acontece justamente pelo fato das nuvens serem densas, e o pouco calor que entra, não sai e fica armazenado, causando um efeito estufa – coisa que a Terra pode sofrer muito no futuro.

Pronto, agora acabou o mistério. Quando observá-lo novamente, lembre-se de que ele é nosso vizinho planetário.

Sou natural de Conceição do Coité, na Bahia e atualmente trabalho com a divulgação científica na internet, principalmente nas páginas Universo Racionalista e Mistérios do Espaço.

2 comentários sobre “O que é aquele ponto brilhante que aparece no final da tarde?

  1. Antonio Carlos Costa

    Em função de ter uma gravidade quase igual à nossa, o planeta vizinho poderia ser o mais indicado para um processo de terraformação, não fosse a sua atmosfera atual. Nada porém que não possa ser alterado em apenas mil anos de trabalho. O estudo prévio da constituição química daquela atmosfera já poderia estar sendo feita. E a criação e desenvolvimento de bactérias genéticamente modificadas para transformarem aqueles gases em outros menos densos e voláteis poderia permitir a sua evporação, com a diminuição da pressão ambiente atual.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *