NASA enviará sonda para asteroide que pode ter sido o núcleo de planeta antigo

(Créditos: NASA).

(Créditos: NASA).

A NASA quer enviar uma sonda para o asteroide metálico 16 Pisque, que segundo os especialistas, pode ser o núcleo de um planeta antigo, despojado de sua superfície original e crosta externa.

O 16 Psique – localizado no cinturão de asteroides – é diferente dos outros asteroides do Sistema Solar. Ele pode ter muito para revelar aos pesquisadores sobre como os primeiros planetas se formaram.

Uma equipe da Universidade do Estado do Arizona, liderada pela cientista planetária Lindy Elkins-Tanton, propôs a missão em 2015, e agora foi aceita pela NASA. A sonda Psyche pode ser envida em 2023.

“Esta é uma oportunidade para explorar um novo tipo de mundo – não um de pedra ou gelo, mas de metal.“, diz Elkins-Tanton. “O 16 Psique é o único objeto conhecido do tipo no Sistema Solar, e esta é a única maneira que os seres humanos terão para visitar um núcleo.

Em outras palavras, a missão pode explicar como é o núcleo da Terra, sem a necessidade de explorar milhares de quilômetros em nosso próprio planeta.

O 16 Psique foi descoberto 1852, e mede mais de 200 quilômetros  de diâmetro.

Os cientistas acreditam que o 16 Psique poderia ter sido um planeta do tamanho de Marte, mas que uma série de colisões violentas com outros objetos no Sistema Solar o reduziu para apenas o núcleo.

O asteroide pode conter informações de como os planetas evoluíram e formaram suas camadas, há mais de quatro bilhões de anos, no início do Sistema Solar.

A sonda Psyche deve acançar o asteroide em 2030, e vai passar 20 meses em órbita, registrando imagens, realizando pesquisas da composição e do campo magnético do asteroide. [ScienceAlert].

Sou baiano, tenho 16 anos e sou fascinado pelo Cosmos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *