Júpiter pode ter criado asteroides na formação do Sistema Solar

Meteoritos têm sido usados para desvendar muitos segredos dos primeiros anos do Sistema Solar, mas os astrônomos acreditam que algumas das rochas espaciais só podem ter sido criados por Júpiter.

Os pesquisadores analisaram uma classe especial de meteoritos chamados de ‘chondrites CB‘, que se formaram no início do Sistema Solar. Eles contêm grãos metálicos que devem ser provenientes de ferro vaporizado e que só podem ser produzidos em impactos de alta velocidade.

Essas colisões rápidas não podem ser alcançadas com a distribuição esperada de material no cinturão de asteroides. Em um artigo, publicado no Science Advances, os pesquisadores propõem que Júpiter poderia ser o culpado do material acelerado.

Júpiter teria agitado o cinturão de asteroides o suficiente para produzir as velocidades de alto impacto necessário para formar esses ‘chondrites CB‘.“, disse Brandon Johnson, cientista planetário da Universidade Brown, em um comunicado.

Para que Júpiter esteja no lugar certo na hora certa, os pesquisadores sugerem que o planeta gigante se formou nos arredores do Sistema Solar e então migrou para dentro, onde o cinturão de asteroides está localizado hoje. Esse cenário é chamado de ‘Grand Tack‘, e também foi invocado para explicar o tamanho diminutivo de Marte: Júpiter roubou um bom pedaço de sua massa quando estava mais próximo.

Quando incluímos o ‘Grand Tack’ em nosso modelo na época em que os ‘CB chondrites’ se formaram, obtemos um enorme aumento nas velocidades de impacto no cinturão de asteroides“, acrescentou Kevin Walsh, do Southwest Research Institute. “As velocidades geradas em nossos modelos são rápidas o suficiente para explicar o ferro vaporizado nos ‘condritos CB'”, conclui. [IFLScience].

Sou baiano, tenho 16 anos e sou fascinado pelo Cosmos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *