Asteroide se aproximará da Terra e NASA testará sistema de segurança

Nosso sistema solar está cheio de pedaços de rochas espaciais que se aproximam em diferentes órbitas e velocidades variadas – e não demorará até que uma dessas rochas se encontre em uma desagradável trajetória inesperada para colidir com a Terra.

Na verdade, é um cenário de apocalipse bastante improvável, mas é uma boa ideia ficar de olho. Agora, os cientistas da NASA estão entusiasmados, eles finalmente terão como que testar alguns de seus sistemas de defesa em outubro.

asteroid_2040852a

Não entre em pânico ainda – o asteroide, chamado 2012 TC4, é estimado para passar com segurança a uma distância de cerca de 6.800 quilômetros. Com uma largura de cerca de 10-30 metros, TC4 é bastante pequeno. Até agora, os astrônomos só o viram uma vez – quando passou pela Terra em 2012, a uma distância muito mais próxima do que nossa própria Lua.

Naquela época, eles só tiveram sete dias para fazer observações e calcular quando este asteroide iria aparecer de novo. E com base nesses dados, parece que o TC4 irá voltar aqui novamente no dia 12 de outubro deste ano, e os pesquisadores estão fazendo preparativos para não apenas atualizar suas observações sobre esse objeto em particular, mas também testar algumas de suas estratégias de defesa planetária.

“Desta vez, estamos adicionando uma outra camada de esforço, para testar a rede mundial de detecção e rastreamento de asteroides, avaliando nossa capacidade de trabalhar juntos em resposta a encontrar uma potencial ameaça real”, diz Michael Kelley, da NASA.

Esta é a primeira vez que os pesquisadores da Nasa conseguem usar uma rocha espacial real para por em prática seus esforços de defesa planetária, que envolvem astrônomos de todo o mundo.

Infelizmente, mesmo com os esforços coordenados para encontrar essas ameaças espaciais, por enquanto não há muito que possamos fazer sobre elas. É por isso que alguns especialistas alertam que realmente devemos construir uma nave espacial de interceptação antes de precisarmos. [ScienceAlert]

Sou natural de Conceição do Coité, na Bahia e atualmente trabalho com a divulgação científica na internet, principalmente nas páginas Universo Racionalista e Mistérios do Espaço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *